Avanços da medicina aumentaram a longevidade, mas ainda falta acrescentar qualidade de vida.

2 Abril 2015
250 Views

A humanidade está vivendo mais, mas esses anos adicionais não estão sendo necessariamente melhor vividos. Com a expectativa de vida do brasileiro tendo aumento mais de 11 anos nas últimas três décadas, o desafio agora é agregar qualidade à chamada terceira idade. Doenças crônicas e degenerativas, problemas cardiovasculares e físicos, distúrbios emocionais e psicológicos tornam os últimos anos de existência de sofrimento para muitos idosos.