Benefícios do sono para a sua saúde

26 Maio 2015
645 Views

Benefícios do sono para a sua saúde 

Ter uma boa noite de sono é ótimo para descansarmos a mente e o corpo, mas os benefícios de um bom sono vão muito além do que você imagina. Dormir menos do que o recomendado (6 a 8 horas em média) ou acordar diversas vezes durante a noite em decorrência de distúrbios como apneia e insônia pode causar inúmeros males ao nosso organismo.

Prevenção de obesidade

Você sabia dessa? Durante o sono nosso organismo produz a leptina, um hormônio capaz de controlar a  sensação de saciedade, portanto, pessoas que tem dificuldades para dormir produzem menores quantidades desta substância. Além disso, o grupo dos insones produzem uma maior quantidade de um outro hormônio, a grelina, uma substância que está relacionada a fome e a redução do gasto de energia.

Controle da hipertensão

Um estudo da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, comprovou que um sono profundo e ininterrupto está relacionado a bons níveis de pressão arterial. A  dificuldade em descansar durante a noite é equivalente a um estado de estresse, aumentando a atividade da adrenalina no corpo, sendo assim, noites mal dormidas tendem a causar pressão alta.

Fortalecimento da memória

Pessoas que conseguem ter uma boa noite de sono absorvem melhor as informações do dia a dia do que aquelas que passam longos períodos sem dormir. Isso acontece porque durante o descanso ocorre a síntese de proteínas responsáveis pelas conexões neurais, aprimorando habilidades como memória e aprendizado.

Ajuda no desemprenho físico

Quando dormimos profundamente e sem interrupções, nosso corpo começa a produzir o hormônio GH, responsável pelo nosso crescimento. Essa substância só começa a ser produzida aproximadamente meia hora após uma pessoa dormir – por conta disso, pessoas que tem o sono fragmentado sofrem dificuldades de sintetizar esse hormônio.

Controle do Diabetes

Pessoas com Diabetes e que tem um sono insuficiente desenvolvem uma maior resistência insulínica, tornando o controle da doença mais difícil. É o que afirma um estudo feito pela Northwestern University, dos Estados Unidos. Os pesquisadores monitoraram o sono de pessoas com Diabetes por seis noites. Os participantes que tiveram o sono de má qualidade tiveram aumento de 23% nos níveis de glicose no sangue e 48% nos níveis de insulina. Usando esses números para estimar a resistência insulínica do indivíduo, os pesquisadores concluíram que portadores de Diabetes que dormem mal tinham 82% mais resistência insulínica que os portadores com sono de qualidade.

Melhor desempenho no trabalho

Pessoas que tem o sono constantemente interrompido ao longo da noite ou não dormem o suficiente não conseguem atingir os estágios mais profundos do sono, e por isso não descansam de forma adequada. Os principais sintomas sentidos por uma pessoa que não dorme bem são sonolência diurna, irritabilidade, fadiga e dificuldade para se concentrar ou absorver novas informações. Pessoas que apresentam problemas durante o sono também tem maior facilidade de sofrer graves acidentes de trânsito e trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *