Ortomolecular em Itaguaí

A Medicina Ortomolecular é a área da medicina que tem seus fundamentos: na Bioquímica Celular e Molecular (que estuda as substancias que estão presentes no organismo humano e as reações químicas que ocorrem entre elas), na Fisiologia Humana (que estuda o funcionamento dos órgãos e sistemas humanos e a relação entre eles), na Fisiopatologia Humana (que estuda como se desenvolvem as doenças), na Nutrição Celular (que estuda as substancias necessárias ao funcionamento normal do organismo humano).

Estes fundamentos são as bases de qualquer outra área médica. Ela procura detectar e corrigir os desequilíbrios das funções celulares, antes que se desenvolvam as doenças e, na ocorrência delas, somar suas propostas aos tratamentos.

O atendimento médico em Medicina Ortomolecular se inicia pela anamnese (que é o histórico de vida e da doença do paciente), a mais abrangente possível, valorizando todas as queixas, pois mesmo as que possam parecer de pouca relevância, podem na verdade corresponder a sintomas subclínicos que indiquem alterações iniciais de doenças que estejam se instalando

Profissionais da terapia a defendem, com o argumento de que somente a alimentação não é suficiente para eliminar os radicais livres. Já alguns cientistas alegam que ainda faltam estudos que a comprovem. O fato é que a especialidade tem sido indicada como coadjuvante na prevenção de doenças como diabetes e câncer.

A prevenção de doenças acontece à medida que são eliminados os radicais livres e metais pesados, responsáveis pelo aparecimento de artrite, câncer, doenças inflamatórias e degenerativas.

A Terapia Ortomolecular é recente no Brasil e ainda pouco conhecida. Não se trata de uma especialidade nova, mas de um modo de gerenciar a saúde física e mental, cuja regra áurea é prevenir para não remediar, propondo detectar e corrigir os desequilíbrios das funções celulares a nível bioquímico-molecular, antes que se estabeleçam as doenças, e na vigência destas, somar suas propostas aos tratamentos convencionais de forma que sejam mais eficazes, por períodos menores e com menos efeitos colaterais. A Medicina Ortomolecular visa a normalização do equilíbrio químico do organismo através de substâncias naturais ao próprio organismo, como as Vitaminas, Minerais e Aminoácidos e “esse equilíbrio é mantido principalmente pela destruição dos Radicais Livres”.

 

A Medicina Ortomolecular, a primeira vista, pode até parecer algo esquisito, mas não é. Aqueles que já se dispuseram a conhecê-la melhor, descobriram que se trata de uma novidade concreta e científica que, atualmente vem alcançando resultados positivos no combate a várias doenças. Tanto sucesso tem seus efeitos.Medicina-ortomolecular